Vai abrir ou é dono de um e-commerce? Descubra quais os impostos federais que você paga

Tributacao Ecommerce Saiba Quais Sao Os Impostos Federais Do Ecommerce Blog - Escritório de Contabilidade em Diadema - SP

Compartilhe nas redes!

Vai abrir ou é dono de um e-commerce? Descubra quais são os impostos federais que você paga 

Tributação para e-commerce: saiba quais são os impostos federais do e-commerce

Os impostos para um negócio on-line são diferentes daqueles aplicados às lojas tradicionais. É crucial, portanto, analisar as implicações fiscais antes de investir on-line. Se você se sente incerto sobre o assunto, já está no caminho certo. 

Neste artigo, vamos tratar dos principais impostos estaduais que você deve pagar sendo dono de um comércio digital no Brasil.

Boa leitura!

Veja mais artigos que vão te ajudar a gerir corretamente seu e-commerce:

Quais são os impostos federais do e-commerce?

Os principais impostos são os seguintes:

  1. IRPJ – Imposto de Renda de Pessoa Jurídica: este imposto deve ser pago por todas as pessoas jurídicas, excluindo aquelas que são isentas;
  2. CSLL – Contribuição Social sobre a Renda Líquida: utilizado para financiar a Previdência Social e é recolhido sobre a renda líquida antes do pagamento do IRPJ; 
  3. PIS – Programa de Integração Social: imposto que proporciona fundos para seguro-desemprego, bônus e a receita de instituições e entidades públicas e privadas;
  4. COFINS – Contribuição para o Financiamento da Previdência Social: imposto utilizado principalmente para o financiamento de serviços de saúde; 
  5. IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados: as mercadorias industrializadas são tributadas por este imposto sobre produtos nacionais ou mercadorias de importação que devem ser desembaraçadas na alfândega; 
  6. Imposto de importação: é um imposto sobre mercadorias importadas que entram no território nacional. 


O regime tributário também influencia os impostos pagos pelo  e-commerce

  • Simples Nacional 

O Simples Nacional é adequado para pequenas e médias empresas, pois tem uma carga tributária mais leve para o comércio eletrônico: uma alíquota máxima de 19%. O DAS – Documento de Cobrança do Simples Nacional – é utilizado para cobrar este imposto, que compreende os impostos pagos pelo MEI. 

  • Lucro Presumido 

O Lucro Presumido é calculado como a diferença entre o lucro total da loja virtual e sua proporção de receita. Além disso, a tributação é baseada na atividade da empresa. 

  • Lucro Real

O Lucro Real oferece um cálculo mais complexo, já que leva em conta o lucro líquido em diferentes períodos de tempo.

  • MEI para e-commerce 

O MEI é uma opção fiscal com um limite de faturamento menor do que outros regimes. Como um MEI, as empresas de comércio eletrônico pagam apenas uma pequena quantia por mês. 

Conheça os serviços especializados da Contass Contabilidade 

Somos uma contabilidade especializada no comércio digital e, com nossa experiência, vamos ajudá-lo a organizar o seu sistema de tributação, garantindo um negócio com incidência tributária justa.

Fale agora mesmo com nossos profissionais e garanta as melhores soluções para o setor tributário do seu negócio.

CLIQUE AQUI E TENHA AUXÍLIO ESPECIALIZADO COM A TRIBUTAÇÃO PARA SEU E-COMMERCE!

5/5 - (1 vote)
Summary
Vai abrir ou é dono de um e-commerce? Descubra quais os impostos federais que você paga
Article Name
Vai abrir ou é dono de um e-commerce? Descubra quais os impostos federais que você paga
Description
Tributação para e-commerce: saiba quais são os impostos federais do e-commerce. Leia o artigo que preparamos e confira mais!
Author
Publisher Name
Contass
Publisher Logo

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Faça uma precificação de produtos de sucesso seguindo dicas simples…
Cresta Posts Box by CP