Abrir CNPJ para e-commerce: quais os passos?

Saiba O Que é Necessário Para Abrir Cnpj De E Commerce! - Escritório de Contabilidade em Diadema - SP

Compartilhe nas redes!

Saiba o que é necessário para abrir CNPJ de e-commerce

Fique por dentro de tudo o que é necessário para realizar a abertura de um e-commerce. Veja como abrir CNPJ para as suas atividades!

Você tem uma loja virtual e quer formalizar o seu negócio? Abrir CNPJ para o seu e-commerce é essencial para garantir credibilidade e segurança.

Além disso, pode proporcionar uma série de benefícios…

Neste artigo, abordaremos os principais passos para que você realize esse processo sem maiores problemas.

Portanto, acompanhe a leitura e tire as suas dúvidas!

Leia também:

O que é necessário para abrir CNPJ para e-commerce?

A abertura de uma loja virtual pode proporcionar uma série de benefícios para os empreendedores.

Mas antes de pensarmos nas vantagens de abrir CNPJ para e-commerce, é preciso entender o que é necessário para que esse processo tenha êxito.

Desse modo, a definição de um modelo de empresa é um dos passos iniciais, visto que existem diferentes tipos.

Os mais comuns, são:

  • Sociedade Limitada (LTDA): 

Indicada para aqueles que pretendem ter sócios em seus negócios. No entanto, o patrimônio pessoal dos sócios não se mistura com o patrimônio empresarial.

Sendo assim, em caso de problemas financeiros, os bens pessoais se mantêm protegidos.

  • Sociedade Limitada Unipessoal (SLU): 

A SLU é semelhante à LTDA, mas se aplica ao empreendedor que deseja atuar sozinho. Ela oferece a vantagem da responsabilidade limitada e não exige capital social mínimo.

  • Empresário Individual (EI): 

Esse tipo de natureza jurídica também serve para o empreendedor que não busca ter sócios.

Entretanto, tornando-se EI, a responsabilidade do empreendedor é ilimitada, o que coloca seus bens em risco em caso de problemas financeiros por parte da empresa.

Além da natureza jurídica, para abrir CNPJ de e-commerce, também é preciso definir o porte empresarial.

Os mais acessíveis são a microempresa (ME) e a empresa de pequeno porte (EPP).

A ME possui limite de faturamento de R$ 360 mil anuais, enquanto a EPP pode faturar entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões.

Quais os benefícios para o empreendedor?

A abertura de um e-commerce pode proporcionar vários benefícios ao empreendedor, como maior confiança por parte dos clientes e novos canais de venda.

Além disso, podemos destacar as seguintes possibilidades:

  • Obtenção de crédito com taxas de juros mais baixas;
  • Redução dos custos gerais do negócio;
  • Garantia de aposentadoria; 
  • Entre outros.

No entanto, para que o empreendedor possa assegurar as vantagens citadas, é preciso abrir CNPJ para regularizar as atividades do seu negócio.

Afinal, você sabe como proceder? Confira no tópico a seguir…

5 passos essenciais para abrir CNPJ de e-commerce

Depois de definir o modelo e o porte da empresa, como antecipamos, você precisa seguir alguns passos para abrir CNPJ para a sua loja virtual.

A seguir, apresentamos cinco dos principais:

1- Escolha o sistema de tributação ideal

O regime tributário irá definir como sua empresa cumprirá com o pagamento dos impostos.

Existem três opções mais comuns: 

2- Providencie a documentação necessária para abrir seu e-commerce

Caso conte com sócios, por exemplo, será preciso apresentar o RG, CPF e comprovante de residência.

Além disso, é necessário apresentar o contrato social, alvará de funcionamento e inscrição estadual — em caso de vendas de produtos — e certificado digital para emissão de suas notas fiscais.

3- Faça o registro da sua empresa na Junta Comercial

É fundamental levar o contrato social e toda a documentação necessária para realizar o registro.

Dessa forma, será possível obter o Número de Identificação do Registro de Empresas, o NIRE.

4- Solicite o CNPJ junto à Receita Federal

Com o NIRE em mãos, é preciso acessar o site da Receita Federal para solicitar o seu Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas.

Para isso, será necessário preencher uma ficha cadastral com os seus dados empresariais.

Assim, receberá seu CNPJ.

5- Realize a sua inscrição municipal

Cadastrar sua empresa na prefeitura onde ela está localizada é fundamental.

Assim, você pode obter o alvará de funcionamento e fazer o pagamento do ISS — caso seja incidente em suas atividades.

Como a contabilidade para e-commerce pode ajudar nesse processo?

Abrir CNPJ para e-commerce pode parecer um processo complicado e burocrático. Certo?

Mas você não precisa realizar todas as etapas sozinho!

Afinal, ao contar com a ajuda de uma contabilidade para sua loja virtual, será possível compreender as reais necessidades desse segmento.

Além disso, uma contabilidade para e-commerce pode:

  • Auxiliar a definir o modelo, porte e regime tributário mais adequados para a sua empresa;
  • Providenciar toda a documentação para registros necessários na hora de abrir o seu negócio;
  • Manter a sua empresa em dia com as obrigações fiscais, contábeis e trabalhistas, evitando multas e problemas com o fisco;
  • Gerenciar a sua movimentação financeira;
  • Emitir relatórios gerenciais;
  • Dar suporte para a tomada de decisões estratégicas.

Abra o seu e-commerce com as orientações corretas!

A abertura de sua loja virtual exige atenção a todos os passos, pois a regularização de suas atividades é essencial para fazer com que seu e-commerce cresça.

Dessa forma, ter auxílio de quem entende do assunto pode ser determinante em meio a esse processo…

Isso porque os especialistas podem direcionar quanto às ações a serem realizadas durante o período em que você deseja abrir CNPJ.

Nós, da Contass, estamos há mais de 25 anos no mercado, oferecendo serviços contábeis, fiscais e trabalhistas para os nossos clientes.

Nosso time de profissionais busca encontrar as melhores soluções para as suas particularidades, além de proporcionar estratégias adequadas para tornar o seu e-commerce um sucesso.

Portanto, entre em contato conosco agora mesmo e tenha tranquilidade na hora de abrir o seu negócio!

Clique aqui para falar com a nossa equipe!

Classifique nosso post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Veja 5 passos para reduzir a carga tributária nas indústrias…
Cresta Posts Box by CP