Regime tributário para serviços: entenda como escolher

Prestadores De Serviços E Regime Tributário Desvendando As Diferenças Entre Lucro Presumido, Lucro Real E Simples Nacional - Escritório de Contabilidade em Diadema - SP

Compartilhe nas redes!

Desvendando o regime tributário ideal: como escolher para a sua empresa de serviços?

Regime tributário ideal: entenda como fazer a escolha certa para a sua empresa de prestação de serviços lucrar mais.

Afinal, qual o regime tributário ideal para prestadores de serviço? 

Existem muitas dúvidas sobre como escolher o regime tributário ideal no Brasil, afinal, temos um sistema de tributação extremamente complexo. 

Porém, muitas vezes, os empresários acabam optando pelo regime que julgam mais simplificado sem uma análise prévia, e isso pode prejudicar a saúde financeira da sua empresa de prestação de serviços.

Continue lendo este artigo e saiba como escolher o melhor regime tributário para o seu negócio!

Regime tributário: principais diferenças entre Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real

No Brasil, existem três principais opções de regimes tributários, sendo eles o Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. 

De maneira resumida, vamos abordar as características de cada um:

  • Simples Nacional: esse regime tributário é, como o nome diz, simplificado. Os impostos são pagos através da guia DAS, que já contém todos os impostos que a sua empresa deve pagar;
  • Lucro Presumido: neste caso, a Receita Federal realiza o cálculo dos impostos devidos através da presunção do lucro da empresa. Existe uma tabela com valores fixos para isso;
  • Lucro Real: aqui, a empresa paga impostos de acordo com o seu lucro líquido, desse modo, caso não haja faturamento, há a possibilidade de isenção dos impostos.

Caso queira entender melhor como o regime tributário funciona, veja estas postagens:

Limite de faturamento de cada regime tributário: 

Simples Nacional:

  • Microempreendedor Individual (MEI): faturamento anual de até R$ 81.000,00;
  • Microempresa (ME): faturamento anual de até R$ 360.000,00;
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): faturamento anual entre R$ 360.000,01 e R$ 4.800.000,00.

Os limites acima estão sujeitos à alteração, por isso, fique atento! Acompanhe as notícias para se manter em dia junto à Receita Federal.

Lucro Presumido:

Qualquer empresa pode se enquadrar no Lucro Presumido, desde que seu faturamento anual seja de até R$ 78 milhões e que ela não esteja obrigada ao Lucro Real.

Lucro Real:

Não há limite de faturamento no Lucro Real. No entanto, algumas empresas são obrigadas a adotar esse regime, como instituições financeiras, empresas com lucro, rendimentos ou ganhos de capital no exterior, empresas com faturamento anual superior a R$ 78 milhões, entre outras situações específicas determinadas pela legislação

Regime tributário: vantagens e desvantagens de cada um

Simples Nacional: simplificação e carga tributária reduzida

Vantagens: 

  • Processo simplificado de apuração e pagamento de impostos; 
  • Carga tributária reduzida devido às tabelas específicas.

Desvantagens: 

  • Restrições de atividades permitidas no regime; 
  • Limite anual de faturamento que varia de R$ 81 mil até R$ 4,8 milhões, dependendo do tipo de empresa.
  • Se ultrapassado, implica no desenquadramento automático do regime.

Lucro Presumido: menos burocracia e planejamento tributário

Vantagens:

  • Menos obrigações acessórias, 
  • Simplicidade na gestão tributária; 
  • Possibilidade de reduzir a carga tributária.

Desvantagens

  • Margem de lucro fixa que pode não refletir a realidade da empresa; 
  • Exigências contábeis mais elaboradas.

Lucro Real: precisão tributária e possibilidade de compensação

Vantagens

  • Tributação com base no lucro líquido efetivo; 
  • Maior precisão no cálculo do valor dos impostos; 
  • Possibilidade de compensar prejuízos fiscais.

Desvantagens

  • Maior complexidade contábil; 
  • Aumento do volume de obrigações acessórias.

O que considerar na hora de escolher o regime tributário para empresas de prestação de serviço?

Alguns pontos importantes devem ser levados em consideração para escolher o melhor regime tributário para a sua empresa. Entre eles, temos:

  • Tipo de atividade: garanta que a atividade é permitida em cada regime e verifique se existem restrições legais;
  • Volume de faturamento e projeção de crescimento: avaliar o faturamento atual e realizar projeções estratégicas com base em dados para o futuro da empresa ajudam a entender qual regime tributário será mais vantajoso;
  • Planejamento tributário: conte com um profissional contábil para realizar o planejamento tributário da sua empresa, assim, será possível visualizar o melhor regime dentro da sua realidade;
  • Custos de conformidade: sempre lembre de analisar os recursos necessários para atender às obrigações contábeis e fiscais de cada regime, assim, você terá a garantia de que o seu regime será sustentável;
  • Benefícios e incentivos fiscais: verifique se o regime oferece benefícios específicos para determinadas atividades ou regiões.

A Contass te ajuda a escolher o regime tributário mais vantajoso para a sua empresa com agilidade e eficiência

Com o sistema tributário complexo do Brasil, é fundamental contar com profissionais capacitados para garantir que sua empresa esteja em conformidade com as obrigações legais.

Na Contass Contabilidade, estamos comprometidos em fornecer a melhor assessoria fiscal e tributária para a sua empresa. 

Garanta a conformidade fiscal e tributária do seu negócio com o auxílio dos nossos especialistas em assessoria fiscal e tributária

Nossa equipe está pronta para ajudar sua empresa a lidar com a burocracia fiscal, garantindo a sua conformidade e aproveitando as melhores oportunidades de economia tributária.

Não deixe a complexidade fiscal e tributária comprometer o crescimento e o sucesso do seu negócio. Fale com um de nossos especialistas e tenha a tranquilidade de contar com profissionais capacitados ao seu lado!

Clique aqui e tenha acesso a uma assessoria fiscal e tributária de ponta!

5/5 - (1 vote)
Summary
Regime tributário para serviços: entenda como escolher
Article Name
Regime tributário para serviços: entenda como escolher
Description
Descubra as diferenças entre Lucro Presumido, Lucro Real e Simples Nacional. Escolha o regime tributário ideal e evite problemas financeiros.
Author
Publisher Name
CONTASS
Publisher Logo

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Admissão de funcionários: como ter um processo eficiente e sem…
Cresta Posts Box by CP